Sérgio Moro, nasce um Macunaíma

Moro foi um grande juiz , um ministro mediano e se transformou em um político baixo e desleal.

Macunaíma: O herói sem nenhum caráter“, livro de Mario de Andrade escrito em 1928 , sua trama é surrealista, onde tudo pode acontecer.  o herói sem nenhum caráter, dá um mergulho na alma nacional. A intenção do autor era sair do padrão. Sua ideia era provocar, inquietar, chocar  

Sérgio Moro foi um grande juiz e entrou para a política neste dia 24/04 pela porta dos fundos. Sempre disse que não entraria para a política. Mas a forma como saiu do Ministério mostrou toda sua deslealdade em um show midiático.

A cronologia foi a seguinte: Em 23/04 os jornais Folha de São Paulo e o Site O Antagonista afirmaram que o ministro Sérgio Moro iria pedir demissão. A assessoria do ministro negou.

No dia seguinte 24/04 ás 11 horas o Sr Sérgio Moro em entrevista coletiva, sem previamente avisar ao presidente, comunicou seu desligamento do governo acusando o presidente supostos crimes de responsabilidade

A entrada de Moro para política sendo desleal e articulando com a grande mídia causou espanto na base de apoio de Bolsonaro no congresso. Ficou claro que houve armação, Enquanto o ex ministro falava uma coisa para o governo, falava outra para a extrema mídia. Armou o descredito do governo e deu certa credibilidade a velha imprensa.

O presidente fez um pronunciamento às 17 horas para restabelecer a verdade. Ele faria o discurso sozinho , mas de última hora todos os ministro, em sinal de lealdade , foram juntos.

Em pronunciamento no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse a Moro:

“Estou decepcionado e surpreso com seu comportamento. Não se dignou a me procurar e preferiu coletiva de imprensa. Meu compromisso é com verdade.”

O presidente acrescentou:

“Não são verdadeiras as informações de que busquei informações de investigações em andamento.”

Bolsonaro também enfatizou que o ex-diretor-geral da Polícia Federal (PF), Maurício Valeixo, pediu demissão, não foi demitido:

“O senhor não vai me chamar de mentiroso. Não existe acusação mais grave pra um militar, pai de família, cristão.”

Bolsonaro afirmou que o ex-auxiliar está mais preocupado com seu próprio ego, enquanto ele tem o Brasil a zelar.

Em pronunciamento no Palácio do Planalto, em Brasília, Bolsonaro afirmou:

“Sabia que não seria fácil, uma coisa é você admirar uma pessoa, outra é conviver com ela, trabalhar com ela.”

O chefe do Executivo disse que, ao conversar com parlamentares na manhã de hoje, afirmou:

“Hoje vocês conhecerão aquela pessoa que tem compromisso consigo próprio, com seu ego, e não com o Brasil.”

Bolsonaro negou ainda que tenha buscado interferir na PF:

“Dizer ao prezado ex-ministro Sergio Moro, como o senhor disse na sua coletiva que tinha uma biografia a zelar, eu tenho o Brasil para zelar.”

Após os pronunciamentos de Moro e Bolsonaro uma coisa ficou claro: os dois perderam. Mas quanto mais tempo passa parece que as perdas de Moro foram maiores. Sua narrativa esta sendo desmontada, ele ficara sem foro privilegiado, será atacado pela esquerda, não será defendido pela direita e seu enfraquecimento será usado pela extrema esquerda para anular o julgamento de Lula

Moro acusou o presidente de ;

  1. interferir na Polícia Federal
  2. Não ter sido avisado sobre a exoneração de Marcelo Valeixo

Mas a verdade esta aparecendo pelas próprias incoerências do Ex-ministro. Em seu Twitter ele entrou em contradição com ele mesmo sobre ão ter sido avisado sobre a exoneração do amigo.

Sobre a interferência do Presidente na Polícia Federal, o próprio Moro em dois momentos distintos esclarece que nunca houve interveção. Em uma entrevista a rádio Jovem Pan e no Roda Viva da Tv Cultura em janeiro.

A Procuradoria-Geral da República pediu nesta sexta-feira (24/4), a instauração de inquérito sobre as declarações do ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, ele agora terá que provar o que falou.

Moro entrou grande no governo e saiu pequeno.

Referências ; RenovamidiaRenovamidiaTerça Livre

José Carlos Martins
One comment to “Sérgio Moro, nasce um Macunaíma”
  1. Olha aí a ”suposta interferência de morinho”!!!!!!! É de rir!!!!!!!!!!!!!!! E o choro é livre!!!!!!!!!!!!!!!!!! Foi interferido pois foi impedido de avacalhar ainda mais o país!!!!!!!!!!! Que corno!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Qualquer coisa é papo furado e não deve ser levada em consideração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    https://renovamidia.com.br/moro-acusou-bolsonaro-de-interferencia-na-pf-com-base-nesse-trecho/

    Sugiro a esse crápula bastardo arrombado puxa saco do soros e afins que caiam fora desse país pra nunca mais voltar, pois serão seus filhos que irão pagar por essa traição, essa facada nas costas!!!!!!!!!!! Merece o prêmio de decepção do ano sem dúvida!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *