Walter Vermelho entrega Verdewaldo

O arco-iris está se desfazendo e mais prisões virão.

Walter Delgatti Neto, conhecido como “Vermelho”confessou ter dado ao militante norte-americano Glenn Greenwald, conhecido por VerdeWaldo,acesso a informações capturadas do aplicativo Telegram..

A Polícia Federal tem indícios de que os quatro suspeitos presos são os mesmos que acessaram conversas trocadas pelo Telegram de altas autoridades dos Três Poderes, entre elas o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro; procuradores da Lava Jato; o ministro da Economia, Paulo Guedes; e a líder do governo Bolsonaro no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP).

As provas foram encontradas em perícias, buscas e apreensões e baseadas em depoimentos dos presos realizados nesta terça.

As informações do hacker serão checadas pela Polícia Federal através da quebra de sigilos bancário, fiscal e telemático do grupo, já autorizadas pelo juiz Vallisney Oliveira, da 10.ª Vara Federal de Brasília.

Outro membro do arco-iris que não deve esta tendo noites tranquilas é o ex deputado Jean Willis.

Referências ; EstadãoRenovamídiaJornal da cidade

José Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *