Taxa de esgoto cancelada em Teófilo Otoni

Um exemplo a ser seguido pelo vereadores de Curvelo.

Em reunião na noite da última segunda-feira (04), a Câmara Municipal de Teófilo Otoni votou, por unanimidade — entre os 15 (quinze) vereadores presentes ao plenário — uma lei que suspende a cobrança da taxa de esgoto, por parte da Copasa, até que todo o esgoto da cidade esteja devidamente tratado, como prevê uma cláusula do contrato de concessão.

Entendendo a celeuma
De acordo com o vereador Gabriel Gusmão, que é vice-presidente da Câmara e autor do requerimento que instalou a nova CPI da Copasa, o contrato atual que está em vigência entre o Município de Teófilo Otoni e a Copasa previa que todo o esgoto da cidade já estivesse devidamente tratado até o ano de 2008, embora isso não tenha ocorrido. Ainda de acordo com o vereador, em pronunciamento na tribuna, em 2010 houve a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Copasa e o Ministério Pública para que a concessionária agilizasse as operações para que o esgoto fosse devidamente tratado, mas isso nunca ocorreu.

O projeto agora segue para sanção por parte do prefeito Daniel Sucupira, segundo site  Minas reporter

Lavras e Pouso Alegre  também enfrentam problemas com a COPASA

Já não seria hora de uma CPI estadual ? O novos deputados  estaduais estão mais propícios a esta luta do que os velhos vereadores de Curvelo.

Curvelo 10/02/2019 09:55h

Curta nossa página , participe de nosso grupo no Facebook :  Direita Curvelo

 

José Carlos Martins

Economista graduado pela PUC-MG, pós graduando em Engenharia de Produção ,técnico em administração de empresas, ex- reservista TG 04/29 Exército Brasileiro .Membro do grupo Direita Curvelo desde outubro 2017. Cristão , conservador
José Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *