Grávida de 8 meses de posse de um fuzil mata bandido que fazia sua família refém.

Fato ocorreu dia 30/10 na Flórida nos Estados Unidos.

Dois homens armados de pistola invadiram uma residência e aterrorizaram uma família. Os bandidos exigiam dinheiro e fizeram um homem de 34 anos e uma menina de 11 anos refém.

Os marginais extremamente agressivos começaram a dar coronhadas na cabeça do homem enquanto o outro bandido chutava sua cabeça. Desesperado ele começou a gritar dizendo que não tinha nada que tivesse valor na casa.

A esposa grávida de 8 meses estava em um quarto dos fundos da casa estranhou os gritos e saiu para ver o que estava acontecendo. Foi neste momento que um dos bandidos atirou em direção da mulher ao perceber a porta abrindo. A gestante então se abrigou no quarto e pegou um fuzil AR-15 da família. Ela abriu a porta novamente e se deparou com o marginal. A grávida efetuou um único disparo. Ferido o marginal correu para fora de casa e percorreu cerca de 90 metros, onde caiu morto. O comparsa assustado fugiu.

O marido devido as agressões sofreu fratura na face, no nariz, contusão e um corte na cabeça que rendeu 20 pontos.

A polícia que atendeu a ocorrência relatou que o fuzil AR-15 utilizado pela gestante era de propriedade legal da família.

A polícia agora tenta localizar o marginal que fugiu. O caso foi registrado em Lithia na Flórida.

Referências – BayNews USAweaselzippers USA

Curvelo (MG) 04/11/2019 – 15:54h

José Carlos Martins

Economista graduado pela PUC-MG, pós graduando em Engenharia de Produção ,técnico em administração de empresas, ex- reservista TG 04/29 Exército Brasileiro .Membro do grupo Direita Curvelo desde outubro 2017. Cristão , conservador
José Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *