Trump aloca U$ 60 bilhões para Brasil combater vírus chines – Nestes momentos percebemos quem são nossos aliados.

Enquanto embaixador chines provoca crise institucional , governo americano ajuda com recursos.

Esta semana o embaixador chines criou uma crise institucional ao criticar um deputado brasileiro que emitiu sua opinião.

Depois de retweetar uma postagem que diz que o vírus chines veio da China e que o governo comunista omitiu ao mundo a gravidade do caso, Eduardo Bolsonaro foi atacado pelo embaixador chines. Yang Wanming foi pouco diplomático e criticou o direito de um deputado brasileiro ter opinião.

Mas o Brasil tem aliados

O Federal Reserve abriu as torneiras nesta quinta-feira, 19, para que bancos centrais em nove países tenham acesso a dólares na expectativa de impedir que a epidemia de coronavírus cause uma crise econômica global, prevendo até 60 bilhões de dólares para o Brasil.

O Fed disse que os swaps, em que o banco central americano aceita outras moedas como garantia em troca de dólares, permitirão pelo menos nos próximos seis meses que os bancos centrais de Austrália, Brasil, Coreia do Sul, México, Singapura, Suécia, Dinamarca, Noruega e Nova Zelândia acessem um total combinado de até 450 bilhões de dólares, dinheiro que vai garantir que o sistema financeiro dependente de dólares continue a funcionar.

Os novos instrumentos vão garantir o fornecimento de liquidez de até 60 bilhões de dólares cada para os BCs de Austrália, Brasil, Coreia, México, Singapura e Suécia. Os outros BCs terão acesso a 30 bilhões de dólares cada.

referência : Exame

Curvelo (MG) 20/03/2020 -07:07h

José Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *