Polícia Federal desmente matéria da Folha de São Paulo.

Jornal diz que Polícia Federal avisou sobre atentado terrorista ao Supremo – Nota oficial da PF desmentiu possível atentado

Em reportagem publicada em 17/02 , o jornal afirmou que a Polícia Federal havia informado, ao Supremo Tribunal Federal (STF), que os ministros da Corte poderiam ser alvo de ataques terroristas.

De acordo com a publicação, os agentes da PF interceptaram comunicações do grupo terrorista na deep web, camada mais profunda da internet que só é possível acessar via convite ou tendo acesso a endereços específicos.

A Polícia Federal divulgou nota em seu site dizendo;

Brasília/DF – A Polícia Federal esclarece, em relação a matéria intitulada “PF avisa STF que ministros podem ser alvo de ataque terrorista”, publicada na data de hoje, no sítio eletrônico do Jornal Folha de S.Paulo, o que segue:

Nas últimas semanas, monitoramentos de rotina, realizados pela PF, encontraram trocas de mensagens, via DeepWeb, com ofensas e ameaças a autoridades da República (Ministros do Supremo Tribunal Federal).

Tais ameaças eram genéricas e não traziam indícios de qualquer planejamento elaborado de possível atentado.

Todavia, cumprindo seu papel institucional e de forma preventiva, a PF informou ao Ministro Alexandre de Moraes, no âmbito do Inquérito n.º 4781, sobre a existência de tais mensagens.

As investigações, a cargo da PF, seguem em sigilo e tramitam com o objetivo de identificar os responsáveis pela difusão de tais mensagens.

Cada dia mais difícil acreditar na Folha.

Curvelo (MG) 18/02/2020 – 07:35h

Referências : Nota da PFMatéria da Folha

José Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *