Grupo terrorista Antifas se une a torcida organizada ligada ao PCC para protestar contra o governo

Grupo financiado por George Soros se juntou a torcida de futebol que tem ligações com o crime organizado em baderna na Av Paulista.

Avenida Paulista, no centro da capital de São Paulo, registrou confrontos entre radicais de esquerda e membros da a Polícia Militar (PM) neste domingo (31).

O ato foi organizado pela torcida Gaviôes da Fiel , do Corinthias e teve a paritcipação de deputados da extrema esquerda Glauber Braga e Sâmia Bomfim,mas contou com a presença de membros da ANTIFA, uma organização de extrema-esquerda responsável por protestos violentos mundo afora.

Pelo menos dois confrontos ocorreram durante o ato. A primeira confusão foi entre os torcedores e apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro.

O segundo confronto foi entre os torcedores e a PM.

Nas duas ações, policiais usaram bombas de efeito moral e avançaram contra os radicais para dispersar os tumultos.

Antifas é um grupo que se diz anti fascista , se vestem de preto e promovem protestos violentos pelo mundo atacando pessoas e depredando lojas, pra desestabilizar governos. Há suspeita de que recebem patrocínio de meta capitalista , como George Soros, e partidos políticos de extrema esquerda.

A torcida Gaviões da Fiel já é conhecida dos brasileiros pelo noticiário policial, no últimos anos e pelo desrespeito a fé cristã;

Referência; InfomoneyRenovamidiaJornal da cidade

Curvelo (MG) 01/06/2020 – 08:11h

José Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *