Jornalista do Grupo Globo fere o código de ética e o bom senso para atacar família Bolsonaro

Repórter finge ser paciente para colher informações de Heloísa Bolsonaro

Um jornalista da revista Época fingiu ser cliente da psicóloga Heloísa Bolsonaro, esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro. A intenção do repórter era revelar o método de trabalho da profissional.

De acordo com a versão do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros que consta no site da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), o funcionário da revista não agiu de acordo com a “responsabilidade profissional do jornalista”.

O inciso III do artigo 11 deste código diz que o jornalista não pode divulgar informações “obtidas de maneira inadequada, por exemplo, com o uso de identidades falsas, câmeras escondidas ou microfones ocultos, salvo em casos de incontestável interesse público e quando esgotadas todas as outras possibilidades de apuração”.

Por outro lado, a redação da revista Época, que faz parte do Grupo Globodisse que a “reportagem em questão não recorreu a subterfúgios ou mentiras”:

“ÉPOCA reafirma o respeito à ética e a retidão dos procedimentos jornalísticos que sempre pautaram as publicações da revista. A reportagem em questão não recorreu a subterfúgios ou mentiras para relatar de maneira objetiva — a bem do interesse do leitor — um serviço oferecido publicamente, com cobrança de taxas divulgadas nas redes sociais.”

A imprensa brasileira chegou ao fundo do poço quando adotou o padrão Glenn Grenwald de qualidade. O vale tudo esta muito visível o povo esta vendo que a imprensa tem lado.

a repercussão foi muito negativa com várias criticas a atitude aética do repórter do grupo Globo que já se junto aos vários ataques que a família do presidente sofreu esta semana do Grupo Globo, como o caso da crítica ao menino Ivan durante o 07 de setembro.

Curvelo 13/09/2019 – 20:40

Referências – RenovamídiaRevista Época Estado de Minascódigo Ética jornalistas

José Carlos Martins

Economista graduado pela PUC-MG, pós graduando em Engenharia de Produção ,técnico em administração de empresas, ex- reservista TG 04/29 Exército Brasileiro .Membro do grupo Direita Curvelo desde outubro 2017. Cristão , conservador
José Carlos Martins
5 comments to “Jornalista do Grupo Globo fere o código de ética e o bom senso para atacar família Bolsonaro”
  1. Como pode jornalistas fazerem isso com a imagem das pessoas será que eles são 100% integral deveria investigar a vida dessa jornalista e publicar também porque se eles têm direito de fazer isso o povo também tem direito quando se fosse inocente se vocês que ganha 50 mil para beijar na boca o homem de homem e mulher com mulher sai fora cambada nojenta

  2. Justo jornalista da Rede Globo justo a rede Globo que é imoral seus programas não dá mais para assistir só o conteúdo proibido em horário proibido que não deveria mostrar Tais conteúdos porque tem criança vendo vocês querem beijar na boca peso mas respeitem as crianças respeitem nossos adolescentes bando de hipócritas ganhando 50.000 por cada beijo gay é isso que vocês querem dinheiro seus imorais

  3. Mídia nojenta….não se deverua chama o que chama…mais deveria se chamar Rede Esgoto…tá certo queo conteúdo do esgoto é nais limpo…sai fora sua emissora de me***…respeita mais as pessoas seu lixo…querem respeito ….então respeita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *