Descoberta fraude para incriminar Hélio Negão.

Em ofício ministro da Justiça pondera sobre ‘aparente inclusão fraudulenta’ do nome do deputado federal Hélio Negão

O ministro Sérgio Moro mandou a Polícia Federal investigar suposta inclusão fraudulenta de um homônimo do deputado Hélio Negão (PSL/RJ) em inquérito sobre crime previdenciário. Por meio do ofício 1841, desta segunda, 9, encaminhado ao diretor-geral em exercício da PF, delegado Disney Rossetti, o ministro determina ‘a imediata apuração dos fatos no âmbito administrativo e criminal, com a identificação dos responsáveis’.

A inclusão forjada de um homônimo de Hélio Negão no inquérito teria sido o estopim da crise que derrubou o superintendente da PF no Rio, delegado Ricardo Saadi.

Amigo do presidente Jair Bolsonaro, o deputado não é alvo da investigação. Em agosto, o presidente criticou publicamente Saadi, atribuindo ao delegado problemas de ‘produtividade’.

Há 12 dias, portão do Palácio da Alvorada Bolsonaro referindo-se a uma bomba que estava “para estourar” em “uma pessoa importante que está do meu lado”. O recado era para a PF do Rio, pilotada por Ricardo Saadi.

Este episódio só mostra que a “despetização” irá demorar e que devemos confiar em nosso presidente. Tem muita coisa que não sabemos e que estão nas entre linhas

Curvelo 11/09/2019 – 09:33h

Referências ; EstadãoO Antagonista

José Carlos Martins

Economista graduado pela PUC-MG, pós graduando em Engenharia de Produção ,técnico em administração de empresas, ex- reservista TG 04/29 Exército Brasileiro .Membro do grupo Direita Curvelo desde outubro 2017. Cristão , conservador
José Carlos Martins
2 comments to “Descoberta fraude para incriminar Hélio Negão.”
  1. O PT foi uma desgraça na vida dos brasileiros, até hoje a população sofre com desempregos, falta de segurança, saúde e educação. A única coisa que sobrou aos petistas e aliados, foi a disposição de roubar os cofres públicos!!

  2. Esse deputado e um inútil incompetente e sem vocação para ser parlamentar e omisso e pau mandado. Votei e tenho a convicção de ter jogado o meu voto fora. Nos militares fomos pedir uma força a ele na pl1645 e o mesmo deu as costas dizendo que não podia fazer nada. Eu até acredito que a sua limitação e responsável pela sua incompetência. Hoje estou mais maduro com relação a indicação não confio mais em indicação seja de quem for. Por causa da indicação do bolsonaro votei e fiz campanha para alguém que não tem a minima competência para ser político.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *