Bolsonaro nega recriação da CPMF e demite quem propôs.

Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quarta-feira (11), que Marcos Cintra foi demitido da Receita Federal por tentar recriar um imposto nos moldes da antiga CPMF.

“Tentativa de recriar CPMF derruba chefe da receita”, disse o presidente no Twitter, em caixa alta.

Em mensagem na rede social Twitter, logo após o Ministério da Economia anunciar a exoneração de Cintra, o chefe do Executivo escreveu que a demissão ocorreu por “divergências no projeto da reforma tributária”.

Bolsonaro também ressaltou que a recriação da CPMF ou um aumento da carga tributária estão, por determinação sua, descartadas do projeto de reforma tributária que está sendo elaborado pelo governo.

O Ministério da Economia divulgou a nota de exoneração ;

por Publicado: 11/09/2019 18h44

O Ministério da Economia comunica o pedido de exoneração do secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra. Esclarece ainda que não há um projeto de reforma tributária finalizado. A equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário para corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento. A proposta somente será divulgada depois do aval do ministro Paulo Guedes e do presidente da República, Jair Bolsonaro. O ministro Paulo Guedes agradece ao secretário Marcos Cintra pelos serviços prestados. O auditor fiscal José de Assis Ferraz Neto assume interinamente o cargo.

Curvelo 11/09/2019 18:35h

Referência ; MetrópolesRenovamidiaMinistério da Economia

José Carlos Martins

Economista graduado pela PUC-MG, pós graduando em Engenharia de Produção ,técnico em administração de empresas, ex- reservista TG 04/29 Exército Brasileiro .Membro do grupo Direita Curvelo desde outubro 2017. Cristão , conservador
José Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *