Fake News – Bolsonaro não suspendeu medicamentos

Por recomendação da CGU e  TCU e em função de decisões judiciais o governo paralisou a compra em laboratórios públicos, mas não vai faltar medicamentos para a população.

O Ministério da Saúde disse na terça-feira (16) que, para garantir que não faltem medicamentos de distribuição obrigatória no Sistema Único de Saúde (SUS), os remédios que eram fornecidos por laboratórios públicos e tiveram contratos suspensos serão adquiridos da iniciativa privada.

Em nota, o ministério justificou que a suspensão das parcerias foi necessária por seis motivos principais:

  • Recomendação de órgãos de controle;
  • Decisão judicial;
  • Descumprimento de cronograma;
  • Falta de avanços esperados;
  • Falta de investimentos em estrutura;
  • Solicitação de saída do parceiro privado.

A mídia de esquerda alardeou que Bolsonaro suspendeu medicamentos ( veja OCafezinho) por que é fascista e quer destruir o povo, já a grande mídia usou a a técnica de falar uma coisa no titulo e desmentir no próprio texto ( veja OGlobo)

Curvelo, 18/07/2019 – 21:05h

 

José Carlos Martins
6 comments to “Fake News – Bolsonaro não suspendeu medicamentos”
  1. I am really impressed with your writing skills as well as with the layout on your weblog.

    Is this a paid theme or did you customize it yourself?
    Anyway keep up the nice quality writing, it’s rare to see a nice
    blog like this one today.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *