Diretoria do Inmetro prejudicaria os brasileiros e é demitida por Bolsonaro. Já o Congresso é o povo quem tem que demitir.

Órgão determinou em portaria a troca de tacógrafos e taxímetros. Para o presidente, medida iria prejudicar os taxistas e caminhoneiros.

Bolsonaro deu entrevista durante passeio pelas ruas do Guarujá, onde passa o feriado de Carnaval.

 “Por exemplo: implodi o Inmetro. Implodi, mandei todo mundo embora. Por quê? Há poucos meses assinaram portaria para trocar tacógrafos. O tacógrafo, em vez de ser o normal, inventaram um digital. Mandei implodir, mandei acabar com isso daí”, disse o presidente.

O Inmetro é a autarquia federal que realiza políticas de metrologia, fiscalização do cumprimento de normas técnicas, métodos e instrumentos de medição e unidades de medida. O presidente considerou que a portaria iria prejudicar taxistas.

“Começou no Rio, não sei se veio para São Paulo, trocar os taxímetros. Mas por quê? Quatrocentos cada um. Os tacógrafos, 1.900. Multiplique por milhões de veículos que mexem com tacógrafos. Táxi só no Rio são 40 mil”, disse

O Congresso é missão do povo brasileiro.

O Congresso , sob o comando de Maia e Alcolumbre, também tem tomada medidas que prejudicam o povo;

  • DPVAT
  • carteira digital de estudantes
  • desidratação da reforma previdências
  • enfraquecimento do pacote anti-crime
  • críticas infundadas a ministros
  • manipulação do orçamento
  • CPMI para censurar a internet

No caso do Inmetro , o presidente da República tem o poder da “caneta ” para resolver e combater quem quer prejudicar o povo.

No caso do Congresso quem tem o poder de demitir é o povo brasileiro através do voto. Temos que fazer nossa parte e enfraquecer os caciques políticos, que estão prejudicando a população, não votando em candidatos que são apoiados por eles na eleição de 2020

Curvelo (MG) 24/02/2020 – 11:14h

José Carlos Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *