A relação entre uma criança de sete anos que vende limonada para construir o murro no México e o Centrão em Brasília

Quem não acompanhar as mudanças será atropelado  pelo trem da história.

As coisas estão mudando em um ritmo intenso e as velhas oligarquias da política ainda não entenderam. Nando Moura hoje tem mais influência do que Willian Boner que ganha R$ 700 mil por mês para ler notícias tendenciosas no Jornal Nacional. O povo hoje participa o tempo todo da politica, se no passado só se discutia política as vésperas das eleições , atualmente é o tempo todo a prova disto é o pouco interesse pela última Copa do mundo de futebol, pela atual Copa América, pelas novelas, pelo Big Brother.

A história do garoto americano

A história de Benton Stevens, um menino de sete anos que vive no Texas e se tornou popular . Ele  arrecadou fundos para ajudar o presidente Trump a cumprir uma de suas principais promessas de campanha, prova que o discurso  do presidente dos EUA tem adeptos de todas as idades, e o interesse pela política esta começando cedo.

O garoto montou uma barraca improvisada de limonada e chocolate quente e, até hoje, arrecadou US $ 22 mil; Seu objetivo é continuar com o negócio até que ele colete 50 mil dólares.

Acabou a época em que as pessoas elegiam seu representante e o esqueciam após 4 anos.

Frederico Rodrigues  publicou no Jornal da cidade;

As manifestações deste domingo (30) fizeram os políticos de brasília chegar uma triste constatação: o povo gostou das ruas.Acabou a época em que as pessoas apenas elegiam seu representante e depois ficavam 4 anos em casa encostadas reclamando que nada mudava. Hoje, com a facilidade de comunicação, uma manifestação nacional é organizada em poucos dias.A população brasileira demorou MUITO para conseguir finalmente eleger um Presidente que a representasse, que estivesse disposto a entregar o que a esquerda sempre negou a ela.Se os burocratas, os políticos e a mídia suja acham que vão destruir esse Presidente enquanto seu eleitores aceitam tudo calados. Acharam errado. Até pouco tempo atrás era impensável o povo ir às ruas para defender pautas impopulares, como a reforma da previdência. Agora já virou praticamente um programa de família.Maia, Alcolumbre, Centrão, STF e Extrema imprensa, entendam algo. Nenhum de vocês está acima da voz das ruas. Os lembraremos disso até que ajam de acordo com a responsabilidade de seus cargos.

Curvelo 04/07/2019 7:56h

Fonte ; MSNMéxicoEuropapress Jornal da cidade

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *